Seguidores ;)

domingo, 28 de abril de 2013

Faces Opostas 2 - Capítulo 91




NO CAPÍTULO ANTERIOR...

Thiago- meu amor eu trouxe seu almoço.

Mar- eu não quero.
Thiago- você precisa comer Mar.
Mar- eu já disse que não quero!
Thiago- até quando você vai ficar assim meu amor?
Mar- até eu morrer!
Thiago- não fala assim Mar.
Mar- eu não quero comer, eu quero ficar sozinha, leva isso daqui Thiago.
Thiago- não, eu não vou te deixar sozinha de novo, eu também estou sofrendo, estamos todos sofrendo, só que você não tem deixado ninguém te confortar!
Mar- eu não quero conforto Thiago, eu só quero a minha filha, eu só quero a Sofia!
Thiago- eu também quero a Sofia, eu também estou sofrendo, todos querem que ela volte.
Mar- mais ninguém está sentindo a dor que eu estou sentindo, ninguém!
Thiago- eu estou sentindo Mar, ela é minha filha também!(Thiago chora, Mar deita na cama e chora).



Faces Opostas 2 - Capítulo 91 - Felicidade de volta!
CENA I

Shopping...

Eugenia- como você está?
Bruno- péssimo.
Eugenia- está cada vez mais difícil não é?
Bruno- você nem imagina quando Euge!
Eugenia- a Sofia vai ser encontrada!
Bruno- você disse isso semana passada.
Eugenia- disse ontem também e vou dizer amanhã.
Bruno- eu adoro esse seu positivismo.
Eugenia- você tem que ser assim também!
Bruno- eu sei mais é muito, muito difícil.
Eugenia- eu sei que é meu amor mais ser pessimista também não ajuda.
Bruno- diz isso a minha mãe, ela está cada vez mais dentro da caverna dela.
Eugenia- isso é muito triste.
Bruno- muito sim, isso dói.
Eugenia- não fica assim meu amor, é só uma fase difícil.
Bruno- por que está demorando tanto a passar? por que?
Eugenia- sinceramente eu não sei.
Bruno- eu só espero que não demore mais tanto... 
Eugenia- eu também espero Bruno, por que todos nós estamos sofrendo.
Bruno- é muito linda a amizade dos nossos pais não é?
Eugenia- sim, somos uma verdadeira família.
Bruno- uma família de coração, de sentimento.
Eugenia- isso mesmo!(Eugenia e Bruno se abraçam).

CENA II

Jazmin- Mar?
Mar- gente eu quero ficar sozinha.
Stefy- mais?
Mar- é.
Jazmin- não vamos sair Mar.
Mar- será que dá para respeitar minha dor?
Jazmin- estamos te respeitando a uma semana, agora não vamos mais respeitar por que estamos sofrendo também, não tanto quanto você mais estamos.
Stefy- aceita nosso carinho Mar.
Jazmin- somos todas irmãs Mar.(Mar chora).
Mar chorando- gente está doendo muito, minha filhinha.
Jazmin chorando- sim, está doendo mais juntas vamos superar.
Stefy- sim vamos superar juntas e quando a Sofia voltar vamos rir, chorar e comemorar juntas também!
Jazmin- ouviu não é Mar? juntas, sempre juntas!
Stefy- não somos casadas mais estamos juntas na alegria e na tristeza.
Jazmin- e nem tenta nos afastar por que não vai dar certo!
Stefy- quanto mais você tentar mais próximas iremos ficar!
Mar chorando- minhas irmãs de coração de opção! muito obrigada eu amo muito vocês duas, muito mesmo.
Jazmin chorando- nós também amamos você.
Stefy chorando- e muito!(as três se abraçam chorando).

CENA III

Lali- eu queria tanto estar lá, ao lado da minha irmã.
Miguel- acredite, eu também!
Lali- tadinha da Mar, ela é durona mais no fundo é só por fora, ela é muito frágil.
Miguel- eu tenho certeza que ela ficará bem e que a Sofia será encontrada logo!
Lali- ela precisa ser encontrada logo Miguel, é horrível crescer e descobrir que aqueles não são seus pais e pior ficar com algo na cabeça, pensando o que levou seus pais a fazerem isso.
Miguel- você e a Mar nunca descobriram quem são seus pais biológicos não é?
Lali- não, mais quer saber? todas as perguntas e duvidas que eu tinha na cabeça não existem mais, então... não importa a essa altura do campeonato saber que são eles.
Miguel- e a Mar, ela pensa como você?
Lali- eu não sei, como a Mar é mãe ela pode ser mais sensível que eu, pode perdoar mais fácil quem sabe...
Miguel- que bom que você tocou no assunto maternidade.
Lali- por que?
Miguel- por que você disse que não tinha útero sendo que você tem?
Lali- o que? que história é essa?
Miguel- eu havida esquecido mais o médico ele disse que tem útero.
Lali- não, não pode ser meu útero foi extraído depois do meu acidente.
Miguel- não Lali, você tem sim, inclusive você pode ter filhos.(Lali chora).
Lali chorando- jura Miguel? eu não estou sonhando?(Lali dá um sorriso e chora ao mesmo tempo).
Miguel- é muito sério!(Lali e Miguel se abraçam).
Lali chorando- quer dizer que vamos poder ter nossos próprios filhos?
Miguel- sim meu amor, sim!
Lali chorando- eu nem acredito!
Miguel- pois pode acreditar!

CENA IV

Thiago está na sala, Mar chega.

Mar- podemos conversar?
Thiago- Mar? que bom que saiu do quarto.
Mar- me desculpa, por favor me desculpa.
Thiago- não tem o que desculpar meu amor.
Mar- sim, tem! eu só pensei em mim, nos meus sentimentos e nem liguei para o de mais ninguém, principalmente o seu e do Bruno.
Thiago- tudo bem meu amor, eu compreendo a sua dor, está doendo muito em mim também. eu só temo pelo Bruno, ele já passou pela mesma coisa quando pensamos que você havia morrido, eu fui ausente como pai, eu pensava na minha dor!(Mar chora).
Mar chorando- tadinho do meu filho, tadinho!
Thiago- vem cá meu amor.(Thiago abraça Mar).
Mar chorando- será que ele vai conseguir me perdoar?
Thiago- vai sim, eu tenho certeza que vai.
Mar chorando- estamos precisando um do outro nesse momento, eu não poderia ter me afastado, não poderia!
Thiago- calma, não se culpa não é bom!
Mar chorando- eu não sei o que seria de mim sem você, não sei.
Thiago- eu te amo e sempre estarei aqui com você, sempre!
Mar chorando- obrigada meu amor, muito obrigada!

CENA V

Bruno- quer comer algo?
Eugenia- não, estou sem fome.
Bruno- é eu também, mais não quer nem um sorvete? 
Eugenia- tudo bem, poder ser amor.
Bruno- dividimos um então.
Eugenia- tá bom!(Bruno e Eugenia vão comprar o sorvete).
Bruno- espera ai, aquele ali não é o...
Eugenia- Nico!
Bruno- sim é ele.
Eugenia- ele está no Brasil.
Bruno- e quem é aquela mulher com ele?
Eugenia- não sei mais ela está com um bebe.
Bruno- eu vou lá.
Eugenia- o que?
Bruno- fica ai.
Eugenia- não mesmo, eu vou com você.
Bruno- voltou pra o Brasil bandido?
Nico- desculpa não te conheço.
Eugenia- seu cara de pau.
Emília- quem são esses garotos Nicolas?
Nico- não sei meu amor, vamos embora.
Bruno- agora você não sabe não é?
Eugenia- eu vou chamar a policia!
Nico- vem Emília vamos!
Bruno- que bebe é esse?
Nico- minha filha, sai daqui fedelho.
Eugenia- a senhora teve uma filha?
Emília- não o Nicolas a encontrou numa cesta abandonada.
Bruno- foi você, foi você quem sequestrou a minha irmã.
Emília- o que?
Eugenia gritando- policiaaaaaaaa! chame a policia!(Nico sai correndo e os seguranças do shopping correm atrás dele).
Emília assustada- o que está acontecendo?
Bruno- a senhora terá uma grande surpresa!
Eugenia- enorme eu diria!

CENA VI

Tato- e como ela está agora?
Jazmin- continua triste mais se abriu um pouco já!
Tato- coitada!
Jazmin- deve ser uma sensação horrível, por que imagina, está doendo em mim, imagina nela como não deve ser.
Tato- o Thiago também está bastante abalado, ele tenta ser forte na frente da Mar para consolar ela mais quando está sozinho ele desabada!
Jazmin- normal não é? ele é um grande homem.
Tato- é mesmo, um exemplo, o cara tem uma força que eu não sei se conseguiria ter!
Jazmin- é agora vamos rezar, rezar muito que tudo vai se resolver!
Tato- vai sim meu amor, é como dizem a fé move montanhas!(Alice chega em casa).
Jazmin- onde está a Eugenia?
Alice- não sei eu estava com o Luca!
Tato- e ela não estava com vocês?
Alice- não ela foi ao shopping com o Bruno!
Jazmin- ele está mesmo precisando se distrair!
Tato- coitado, esse garoto sofre viu?
Jazmin- é mais agora a Mar abriu os olhos!
Alice- jura tia? que bom!
Jazmin- é ótimo!

CENA VII

Mar- onde está o Bruno? eu quero falar com ele.
Thiago- ele foi ao shopping com a Eugenia, precisa se distrair.
Mar- será que ele vai demorar?
Thiago- calma meu amor vocês terão todo tempo do mundo!
Mar- eu não queria ficar nessa situação nem mais um segundo!(Bruno chega com Eugenia).
Thiago- olha ele ai.
Mar- meu amor me desculpa!
Bruno- não precisa se desculpar não mãe.
Mar- me dá um abraço.(Mar chora e ela e Bruno se abraçam).
Bruno- eu tenho uma surpresa para a senhora!
Mar- surpresa?
Bruno- quem sequestrou a Sofia foi Nico.
Thiago- o que?
Eugenia- descobrimos por acaso no shopping.
Bruno- ele é mais burro do que pensamos!
Mar- e a minha filha?
Emília- ela está aqui.(Mar olha para Thiago e dá um sorriso).
Bruno- a Sofia voltou mãe!(Mar chora e abraça Bruno, Emília leva Sofia até Mar ela a pega nos braços.
Mar chorando- minha princesinha, minha Sofia!(Mar dá um beijo em Sofia).
Thiago- eu disse meu amor eu disse.(Thiago chora e abraça Mar, Bruno também os abraça).

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião sobre o que acharam da postagem! ;)

Clipe da semana