Seguidores ;)

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Faces Opostas - Capítulo 26




NO CAPÍTULO ANTERIOR...

Lali- vai rama, pisa fundo eles estão nos alcançando.
Rama- calma Lali, eu estou fazendo o que eu posso.
Melody- não está sendo o suficiente.(Rama entra em uma estrada que não tem saída, só uma ribanceira).
Lali- não tem saída.
Rama- droga, eles vão nos pegar.
Melody- não, eu não posso ser presa.
Lali- pisa fundo.
Rama- o que?
Lali- pisa.
Rama- nós vamos morrer.
Lali- prefere viver a vida na cadeia?
Mar- você é louca.
Lali- se vocês quiserem ser presos então saiam do carro e me deixem aqui com a Mar, eu não vou ser presa e nem vou deixar ela viver o conto de fadas com o amorzinho dela, mais não vou mesmo.
Melody- anda Rama, pisa.
Policia- vocês estão cercados, não tem para onde fugir.(Thiago e Tato chegam ao local).
Thiago- o que eles estão esperando? Será que eles não veem que não tem para onde fugir.
Lali- sai daqui Rama, se você quer ser preso, eu não quero.
Rama- eu também não quero.
Lali- então vamos morrer todos juntos.
Mar- não Rama, não faz isso, vocês tem saída sim.
Lali- não, nós não temos.
Rama- eu não vou ser preso.(Rama acelera).
Policia- o que ele está fazendo?
Thiago- não, eles não vão...(Rama pisa fundo e joga o carro ribanceira abaixo, eles capotam e caem direto no Mar, o carro afunda).
Thiago chorando e gritando- nãoooooooooooooooooooooooooooooooooooooo.




Faces Opostas – Capítulo 26 – Morreram?



CENA I

Policial- eles são loucos, são mais loucos do que pensei.
Thiago chorando- a Mar, Tato a Mar.
Tato- eu não sei o que dizer, o que pensar.
Policial- eu vou chamar o resgate, mais eu acho que não há mais jeito.
Thiago- não vai dar tempo.
Tato- mais o que vamos fazer?
Thiago- me ajudar Tato, me ajuda a salvar meu amor.
Tato- como?
Thiago- eu vou lá, eu vou tirar ela daquele carro.
Tato- mais como você vai saber quem é a Mar? as duas estão com a mesma roupa.
Thiago- me ajuda por favor, eu tiro uma e você a outra, me ajuda.
Tato- claro, vamos, vamos logo.
Policial- vocês são loucos?
Thiago- é o amor da minha vida que está lá em baixo.(Thiago e Tato descem a ribanceira e mergulham no Mar, Estão todos ainda no carro, Melody, Rama, Mar e Lali, Thiago pega uma e Tato pega a outra, eles tiram as duas de dentro da água).

CENA II

Thiago- ela está viva, eu não sei quem é, mais está viva.
Tato- essa aqui também está viva, está respirando bem fraquinho mais está viva.
Thiago- graças a Deus.(Chega o resgate e ajudam Tato e Thiago a levar as duas para cima).
Tato- o pesadelo acabou meu amigo.
Thiago- será? E se eu perder meu amor? Eu não sei se vou aguentar.
Tato- calma, vai dar tudo certo.

CENA III

Thiago e Tato vão até o local onde estão Julia, João, Stefy e Jazmin.

Julia- o que houve? Cadê minha filha?
João- nós vimos passar ambulâncias, resgate, policia.
Stefy- nós não fomos por que estávamos sem carro.
Jazmin- vocês estão molhados, por que?
Julia- andem falem.(Thiago chora).
João- o que foi?
Tato- eles foram cercados, não tinham para onde fugir.
Jazmin- então eles foram presos?
Stefy- então onde está a Mar?
Thiago- não, eles não foram presos.
Julia- então o que houve?
Tato- eles se jogam com carro e tudo na ribanceira e caíram no Mar.
Julia- não, minha filha.(Julia desmaia).
Jazmin- dona Julia.
Stefy chorando- mãe.
João- aquela desgraçada, ela matou minha filha?
Tato- calma gente, eu e o Thiago tiramos as duas, as duas estão vivas.
Jazmin- graças a Deus.
João- vamos levar a Julia ao hospital então.
Thiago- claro.(Eles colocam Julia no carro e vão ao hospital).

CENA IV

HOSPITAL...

Thiago- então doutor? Como elas estão?
Doutor- a situação é critica, inclusive uma das duas está muito mal.
Julia- quem?
Doutor- não temos como identificar qual é.
Thiago- sim é verdade, as duas estavam com a mesma roupa.
Doutor- vamos esperar, as primeiras 24horas são decisivas nesses casos.
Jazmin- elas engoliram muito água?
Doutor- sim, e a pancada foi forte, por que o carro capotou.
João- não vai precisar fazer cirurgia?
Doutor- ainda não sabemos qual a situação, por isso vamos fazer alguns exames e esperar.
Julia- minha filha vai se salvar, ela tem que se salvar.
Tato- vamos pensar positivo, sempre.(o Doutor sai).
Stefy- a Melody estava com a Lali nessa, minha melhor amiga queria matar minha irmã.
Julia- nunca pensei que ela poderia fazer algo assim.
Tato- a Melody era doente, sempre foi.
Jazmin- será que ela e o Rama morreram?
Thiago- não sei, eu confesso que na hora não deu pra pensar em tirar eles dois.
Tato- agente só queria salvar a Mar.
Jazmin- pena que para isso tiveram que salvar aquela cobra da Lali.
Julia- eu sinto muita pena dessa moça.
João- no fundo ela só precisava de amor.
Jazmin- eu não tenho nem um pouco de pena dela, ela era assim por que queria, gostava.
Thiago- a Jazmin tem toda razão.(O Delegado aparece).
Delegado- olá.
Julia- Oi, o senhor quem é?
Delegado- eu sou o Delegado encarregado do caso.
João- a sim, nós somos os pais da Mar.
Delegado- Mar é a vitima não é?
Thiago- sim, ela é a vitima da própria irmã.
Delegado- se é que pode ser chamada de irmã não é?
Jazmin- verdade.
Delegado- alguma novidade? Elas já acordaram?
João- não, nenhuma novidade.
Julia- continuam desacordadas.
Delegado- vamos aguardar então.
Stefy- e a Melody? O que houve com ela?
Delegado- infelizmente a senhora Melody Paz e o senhor Ramiro Ordóñez faleceram.
Thiago- tão novos e acabaram com suas vidas.
Jazmin- e a Lali continua viva, aquela desgraçada.
Delegado- e espero que continue, para pagar por todos os crimes que cometeu.
Jazmin- eu tenho certeza que ela tem algo a ver com a morte da Valéria.
Tato- eu já não tenho mais duvida de nada.
Thiago- eu também acho, a Valéria não era mais amiga dela e sabia muito.
Delegado- vocês estão falando de Valéria Gutiérrez Tisera?
Jazmin- exatamente.
Delegado- mais que interessante.

CENA V

LANCHONETE...

Thiago- eu não posso perder a Mar, eu não posso.
Stefy- Thiago eu acho que você deveria ir para casa, descançar um pouco.
Jazmin- eu também acho, você está muito cansado.
Thiago- não, eu não saio daqui antes de qualquer novidade.
Tato- olha eu acho que você deve ir sim, alias nós devemos, por que estamos aqui desde ontem anoite.
Jazmin- o Tato tem razão, temos que ir em casa tomar banho, comer alguma coisa e depois voltamos.
Stefy- vão sim, descansem também, eu vou ficar aqui com meus pais.
Thiago- eu não vou, eu vou ficar aqui, mais vocês podem ir.
Jazmin- nós vamos sim, aproveitamos e pegamos agumas coisas para vocês.
Tato- é, roupas, comida.
Stefy- ótimo, eu não aguento mais comer esse sanduiches daqui do hospital com café.
Jazmin- nem eu.
Thiago- obrigado pela ajuda Tato, eu nunca vou poder te agradecer.
Tato- que isso meu amigo, você salvou a vida da minha linda aqui, esqueceu?
Jazmin- eu que não vou saber nunca como te agradecer, se eu estivesse sozinha, tinha morrido.
Thiago- imagina gente, eu fiz o que qualquer um faria.
Tato- mais não foi qualquer um, foi você.
Thiago- assim como não foi qualquer um que me ajudou a salvar minha princesa, foi meu melhor amigo.(Thiago e Tato se abraçam).

CENA VI

Julia- eu estou tão cansada, eu não aguento mais ficar nessa angustia.
João- você quer ir para casa meu amor?
Julia- não, eu não saio daqui antes da minha filha acordar.
João- se você quiser ir descansar eu posso ficar aqui e mantenho você informada de tudo.
Julia- não, eu não vou sair daqui até minha filha acordar.
João- esta bem meu amor.
Carla- Oi, vocês são Julia e João os pais da Mar?
Julia- somos sim, quem são vocês?
Roberto- eu me chamo Roberto e ela é minha esposa Carla, nós somos os pais da Lali.
João- o que?
Carla- nós estávamos viajando, não estávamos sabendo de nada que estava acontecendo.
Roberto- nós gostaríamos de pedir desculpas pelo que nossa filha fez com a filha de vocês.
Julia- ela é um monstro, se acontecer alguma coisa com a minha filha eu nem sei.
João- calma Julia, eles não tem culpa da filha ser como é.
Julia- claro que tem, eles não deram a educação que nós demos a nossa Mar.
Roberto- a senhora tem razão, nós falhamos com a Lali.
Thiago- alguma novidade?
João- não.
Jazmin- eu e o Tato estamos indo, vocês querem que agente traga algo?
Julia- não minha filha, eu não quero nada.
Stefy- então tragam só o que pedi.
João- não quer ir com eles filha?
Stefy- não mãe, eu vou ficar aqui com vocês, não saio daqui até minha irmã acordar.
Carla- é filha de vocês também?
João- sim.
Thiago- quem são vocês?
Roberto- os pais da Lali.
Jazmin- finalmente apareceram.(O Doutor aparece).
Julia- alguma novidade Doutor?
Doutor- sim.
Thiago- o que?
Doutor- não trago boas noticias.
Stefy- fala logo por favor.
Doutor- bom, uma das pacientes continua na mesma.
João- e a outra?
Doutor- eu sinto muito mais uma das pacientes faleceu.(Todos ficam assustados).
Carla- quem? Quem faleceu?
Jazmin- não tem como saber, as duas estavam com a mesma roupa.
Doutor- na verdade, não tínhamos notado mais, justamente a que morreu estava com uma pulseira.
Carla- que pulseira?
Doutor- uma pulseira com um nome.
Jazmin- e que nome tem na pulseira?
Doutor- Mar, na pulseira tem o nome Mar.
Thiago- não, é mentira a Mar não.
Julia- minha filhaaaa.(Thiago cai no chão e começa a chorar).

Continua...


Mar morreu? e a Lali irá pagar por seus crimes e quem sabe mudará? ou morre-rá também?


Não perca a última Semana de Faces Opostas, você vai se surpreender!!!

Um comentário:

  1. Tomara que seja um engano e a Mar não tenha morrido . Muito boa a web

    ResponderExcluir

Deixem sua opinião sobre o que acharam da postagem! ;)

Clipe da semana